Um coordenador de guilda no centro da imagem jogando títulos de blockchain gaming

O que faz um coordenador de guilda? Entrevista com Jefferson Santos

As guildas de blockchain gaming são muito importantes para o funcionamento dos ecossistemas de jogos cripto. Essas organizações funcionam para que jogadores, investidores e outros profissionais prosperem juntos. Nesse contexto, o coordenador de guilda tem um papel fundamental.

Quando os jogos play-to-earn — em que você ganha dinheiro jogando — se popularizam durante a pandemia, as guildas surgem para resolver demandas dos jogadores. Com o crescente investimento para poder começar nos games, muitos players não conseguiam entrar no negócio.

Assim, as guildas emprestam os ativos para os jogadores poderem lucrar nos games. A renda é dividida entre a pessoa e a guilda, em um sistema chamado de scholarships (bolsas ou escolinhas).

Os coordenadores são o coração das guildas, pois atuam na mediação entre diversos setores. É esse profissional que vai definir o plano para os jogadores e monitores, assim como organizar a compra de NFTs e outros recursos. Dessa maneira, o coordenador também faz a ponte com os investidores.

Para saber mais sobre as guildas, conversamos com Jefferson Santos, coordenador da Sp4ce Games. A organização, fundada por Heloísa Passos, é pioneira no Brasil e conta com uma comunidade de mais de 30 mil pessoas.

Então, se você quer descobrir o que faz um coordenador de guilda de blockchain gaming e outras questões, nós explicamos na entrevista. Inclusive, Jefferson Santos gravou um curso completo sobre coordenador de guilda para o beta da nossa plataforma, 100% gratuita. Continue lendo para saber mais!

Jefferson, quando você identificou o potencial dos games play-to-earn e entrou na Sp4ce?

Eu era investidor do mercado financeiro tradicional e por conta disso seguia muitos influencers do meio. Foi vendo um story de um rapaz que falava sobre cripto que conheci o Axie Infinity. A partir disso resolvi pesquisar e descobri que muitas pessoas estavam ganhando dinheiro com esses jogos. Comprei meu primeiro time de Axies e comecei a jogar, mas não me contentei apenas com o farming. Eu sou competitivo e queria ter acesso a times competitivos, foi aí que entrei em contato com a Helô [Heloísa Passos, fundadora da Sp4ce] pela primeira vez. Eu passei minha conta para minha esposa e comecei a jogar na escolinha da Helô.

Com o potencial que demonstrei fui convidado a me tornar monitor, depois passei a monitorar alunos que eram da Sp4ce também. Quando surgiu a oportunidade eu passei a atuar como pro-player de Thetan Arena e também na divisão de pesquisas da Sp4ce. De lá para cá meu vínculo não só com a empresa, mas com todos que fazem parte foi evoluindo cada vez mais, mas principalmente sou muito grato a Helô pela oportunidade que ela me deu de poder trabalhar nesse meio.

O que faz um coordenador de guilda?

O coordenador atua como um gerente da guilda, é o responsável por definir as estratégias para cada setor funcionar perfeitamente. Também é o encarregado por acompanhar esses resultados e ver onde a guilda precisa ou pode melhorar.

O profissional é quem sugere para o dono da guilda em quais projetos devem entrar e passa as solicitações de compra de novos recursos (NFTs) para as contas dos alunos de acordo com a demanda apresentada pelos monitores. Também é o coordenador quem acompanha e auxilia o trabalho dos monitores da guilda.

No caso de guildas menores, podem não haver pessoas para ocupar todas as funções necessárias. Nesse caso, fica a cargo do coordenador assumir essas funções ou até mesmo delegá-las caso identifique que alguém possua a disponibilidade e competência para realizar essas funções.

Como o restante da guilda se organiza, além do coordenador? Em termos de funções, investidores, scholarships etc.

Existem várias funções dentro de uma guilda, a começar pelo dono da guilda: é essa pessoa que normalmente investe nas primeiras contas. No caso de guildas pequenas também é comum que o dono faça o papel de coordenador e monitor dos alunos, mas vamos falar de casos de guildas maiores.

Os monitores são as pessoas que ficam em contato direto com os alunos, eles ficam responsáveis por ensinar, acompanhar e garantir o melhor desempenho dos alunos. Essas pessoas se reportam diretamente ao coordenador da guilda.

Profissionais de marketing também são muito importantes, pois ficam a cargo de tornar a guilda atrativa, não só para novos alunos, mas também para possíveis investidores externos.

E quem são os investidores externos?

Os investidores externos não fazem parte exatamente da estrutura organizacional da guilda, porém são muito importantes já que normalmente são pessoas que possuem recursos para investir, mas não possuem tempo para jogar ou gerir a sua própria guilda. Assim, investem seus recursos nas guildas, que ficam a cargo do operacional, procurando jogadores e trazendo o melhor resultado para o investimento.

Por último, mas de extrema importância, vem os alunos. No final são eles que vão estar ativamente jogando com as contas, por isso mesmo tendo a melhor equipe na sua guilda, você ainda vai precisar escolher e conseguir recrutar bons jogadores, pois as vitórias deles são o resultado da sua guilda.

Como você vê o cenário de games play-to-earn no Brasil em um futuro próximo?

Acredito que estamos ainda no começo de tudo. Nós já vimos várias fases diferentes no último ano, principalmente, mas acredito que o mercado precisava passar por todas essas fases para amadurecer, entender o potencial do cenário e ver o que pode ou não dar certo. Com esse amadurecimento, será inevitável o investimento crescente de empresas maiores no cenário, expandindo-o cada vez mais.

O que vemos hoje é a migração do play-to-earn onde o grande foco eram lucros exorbitantes, para o play-and-earn que é mais focado em trazer uma boa experiência de jogo com o plus de você poder receber uma renda extra enquanto se diverte.

Para o Brasil em específico, eu ainda vejo esse cenário como um lugar cheio de potencial para fazer pessoas mudarem de vida. É uma nova tecnologia com muitas possibilidades. Principalmente, há muitas empresas preocupadas em tornar esse nicho mais acessível para todos, garantir com que tenham a possibilidade de conhecer, entrar e ter sucesso. Essa visão, com certeza, é um dos principais motivos para eu estar na Sp4ce hoje.

Conheça a Galaxies!

Agora que você entendeu o básico da coordenação de guilda, que tal se aprofundar no assunto e aproveitar mais oportunidades de trabalho? A Galaxies tem um curso completo e 100% grátis de “Coordenador de Guilda”, ministrado pelo próprio Jefferson. Você vai conhecer os detalhes de uma guilda e as melhores práticas profissionais.

Não sabe o que é Galaxies? Somos a primeira plataforma de empregabilidade da comunidade gamer da América Latina. Ao entrar na plataforma, você poderá criar seu perfil personalizado, conectar com vagas em empresas de jogos e guildas de blockchain gaming, realizar cursos gratuitos com certificados, além de conhecer comunidades de seus games favoritos!

Nossa plataforma está no beta e você pode aproveitar essas oportunidades agora mesmo. Entre em nosso Discord e ganhe acesso exclusivo à plataforma Galaxies! Dê o start em sua carreira gamer!

Um coordenador de guilda no centro da imagem jogando títulos de blockchain gaming

O que faz um coordenador de guilda? Entrevista com Jefferson Santos

As guildas de blockchain gaming são muito importantes para o funcionamento dos ecossistemas de jogos cripto. Essas organizações funcionam para que jogadores, investidores e outros profissionais prosperem juntos. Nesse contexto, o coordenador de guilda tem um papel fundamental.

Quando os jogos play-to-earn — em que você ganha dinheiro jogando — se popularizam durante a pandemia, as guildas surgem para resolver demandas dos jogadores. Com o crescente investimento para poder começar nos games, muitos players não conseguiam entrar no negócio.

Assim, as guildas emprestam os ativos para os jogadores poderem lucrar nos games. A renda é dividida entre a pessoa e a guilda, em um sistema chamado de scholarships (bolsas ou escolinhas).

Os coordenadores são o coração das guildas, pois atuam na mediação entre diversos setores. É esse profissional que vai definir o plano para os jogadores e monitores, assim como organizar a compra de NFTs e outros recursos. Dessa maneira, o coordenador também faz a ponte com os investidores.

Para saber mais sobre as guildas, conversamos com Jefferson Santos, coordenador da Sp4ce Games. A organização, fundada por Heloísa Passos, é pioneira no Brasil e conta com uma comunidade de mais de 30 mil pessoas.

Então, se você quer descobrir o que faz um coordenador de guilda de blockchain gaming e outras questões, nós explicamos na entrevista. Inclusive, Jefferson Santos gravou um curso completo sobre coordenador de guilda para o beta da nossa plataforma, 100% gratuita. Continue lendo para saber mais!

Jefferson, quando você identificou o potencial dos games play-to-earn e entrou na Sp4ce?

Eu era investidor do mercado financeiro tradicional e por conta disso seguia muitos influencers do meio. Foi vendo um story de um rapaz que falava sobre cripto que conheci o Axie Infinity. A partir disso resolvi pesquisar e descobri que muitas pessoas estavam ganhando dinheiro com esses jogos. Comprei meu primeiro time de Axies e comecei a jogar, mas não me contentei apenas com o farming. Eu sou competitivo e queria ter acesso a times competitivos, foi aí que entrei em contato com a Helô [Heloísa Passos, fundadora da Sp4ce] pela primeira vez. Eu passei minha conta para minha esposa e comecei a jogar na escolinha da Helô.

Com o potencial que demonstrei fui convidado a me tornar monitor, depois passei a monitorar alunos que eram da Sp4ce também. Quando surgiu a oportunidade eu passei a atuar como pro-player de Thetan Arena e também na divisão de pesquisas da Sp4ce. De lá para cá meu vínculo não só com a empresa, mas com todos que fazem parte foi evoluindo cada vez mais, mas principalmente sou muito grato a Helô pela oportunidade que ela me deu de poder trabalhar nesse meio.

O que faz um coordenador de guilda?

O coordenador atua como um gerente da guilda, é o responsável por definir as estratégias para cada setor funcionar perfeitamente. Também é o encarregado por acompanhar esses resultados e ver onde a guilda precisa ou pode melhorar.

O profissional é quem sugere para o dono da guilda em quais projetos devem entrar e passa as solicitações de compra de novos recursos (NFTs) para as contas dos alunos de acordo com a demanda apresentada pelos monitores. Também é o coordenador quem acompanha e auxilia o trabalho dos monitores da guilda.

No caso de guildas menores, podem não haver pessoas para ocupar todas as funções necessárias. Nesse caso, fica a cargo do coordenador assumir essas funções ou até mesmo delegá-las caso identifique que alguém possua a disponibilidade e competência para realizar essas funções.

Como o restante da guilda se organiza, além do coordenador? Em termos de funções, investidores, scholarships etc.

Existem várias funções dentro de uma guilda, a começar pelo dono da guilda: é essa pessoa que normalmente investe nas primeiras contas. No caso de guildas pequenas também é comum que o dono faça o papel de coordenador e monitor dos alunos, mas vamos falar de casos de guildas maiores.

Os monitores são as pessoas que ficam em contato direto com os alunos, eles ficam responsáveis por ensinar, acompanhar e garantir o melhor desempenho dos alunos. Essas pessoas se reportam diretamente ao coordenador da guilda.

Profissionais de marketing também são muito importantes, pois ficam a cargo de tornar a guilda atrativa, não só para novos alunos, mas também para possíveis investidores externos.

E quem são os investidores externos?

Os investidores externos não fazem parte exatamente da estrutura organizacional da guilda, porém são muito importantes já que normalmente são pessoas que possuem recursos para investir, mas não possuem tempo para jogar ou gerir a sua própria guilda. Assim, investem seus recursos nas guildas, que ficam a cargo do operacional, procurando jogadores e trazendo o melhor resultado para o investimento.

Por último, mas de extrema importância, vem os alunos. No final são eles que vão estar ativamente jogando com as contas, por isso mesmo tendo a melhor equipe na sua guilda, você ainda vai precisar escolher e conseguir recrutar bons jogadores, pois as vitórias deles são o resultado da sua guilda.

Como você vê o cenário de games play-to-earn no Brasil em um futuro próximo?

Acredito que estamos ainda no começo de tudo. Nós já vimos várias fases diferentes no último ano, principalmente, mas acredito que o mercado precisava passar por todas essas fases para amadurecer, entender o potencial do cenário e ver o que pode ou não dar certo. Com esse amadurecimento, será inevitável o investimento crescente de empresas maiores no cenário, expandindo-o cada vez mais.

O que vemos hoje é a migração do play-to-earn onde o grande foco eram lucros exorbitantes, para o play-and-earn que é mais focado em trazer uma boa experiência de jogo com o plus de você poder receber uma renda extra enquanto se diverte.

Para o Brasil em específico, eu ainda vejo esse cenário como um lugar cheio de potencial para fazer pessoas mudarem de vida. É uma nova tecnologia com muitas possibilidades. Principalmente, há muitas empresas preocupadas em tornar esse nicho mais acessível para todos, garantir com que tenham a possibilidade de conhecer, entrar e ter sucesso. Essa visão, com certeza, é um dos principais motivos para eu estar na Sp4ce hoje.

Conheça a Galaxies!

Agora que você entendeu o básico da coordenação de guilda, que tal se aprofundar no assunto e aproveitar mais oportunidades de trabalho? A Galaxies tem um curso completo e 100% grátis de “Coordenador de Guilda”, ministrado pelo próprio Jefferson. Você vai conhecer os detalhes de uma guilda e as melhores práticas profissionais.

Não sabe o que é Galaxies? Somos a primeira plataforma de empregabilidade da comunidade gamer da América Latina. Ao entrar na plataforma, você poderá criar seu perfil personalizado, conectar com vagas em empresas de jogos e guildas de blockchain gaming, realizar cursos gratuitos com certificados, além de conhecer comunidades de seus games favoritos!

Nossa plataforma está no beta e você pode aproveitar essas oportunidades agora mesmo. Entre em nosso Discord e ganhe acesso exclusivo à plataforma Galaxies! Dê o start em sua carreira gamer!

Rolar para cima